sexta-feira, 15 de agosto de 2008

...

Às vezes esqueço como é complicado ter tudo ao meu redor e não saber resenhar minha vida. Faço de conta que tudo funciona, quando na verdade está tudo parado, andando apenas para um lado, coincidentemente, sempre o lado oposto ao meu. Então eu sonho. Porque ainda me resta sonhar. E vejo correr entre meus dedos as faíscas de esperança da existência de algo melhor. Algo que me espera. Não aquilo que o inconsciente quer que chegue, mas aquilo que sonho.

E assim, acordo e durmo!
Ou não!

Ver o dia nascer e morrer nessa inconstância e incerteza da minha vida, me faz ter acreditar que nada me espera. De que tudo foi sonho. E que pesadelos fazem parte dos sonhos. Esse maniqueísmo que te faz ter certeza de que se não está vivo... é porque morreu!

E eu não tenho medo da morte, lembra?

terça-feira, 12 de agosto de 2008

- Xuxu... vc falou comigo ontem? n vi nada... tinha outra pessoa no meu PC! Como vai sua vida vira-lata?
- Além de virando lata por aí e colhendo os restos também. Estou buscando levantar as latas toda vez que eu derrubo uma [ou que derrubam por mim...]
- Por que cara? Vira- lata não faz isso não.
- É, não adianta. Agora estou virando, tirando o que é meu...e agora levantando as latas de volta. Arrumando tudo [ou tentando]
- Levantar a lata depois? Nada a ver!
- Tá muito clássica vc
- Ou ecológica [rsrsrsrsrs]. Alguém tem que arrumar o mundo não? Senão vira putaria
- E tem q ser você? To foraaa [kkkkkkkkkkkkk] Eu gosto é do gaaaaaastooooo!!!!!
- Menina...ando até - de certa forma - com vontade de mandar o mundo se f%$#, sabe? Subir numa cadeira, no meio do nada, e gritar “Vai todo mundo se foderrrrrrrrrr....vão tomar no cuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu”
- Hum...Você está fazendo Yoga?
- Não. Parei!

[...] [...sobre coisas que não se quer saber/ouvir]

- Por isso a vontade de mandar todo mundo ir tomar no cu! Tenho que fazer alguma coisa contra isso...eu só não sei o quê!
- Não, não sinto inveja. Tenho raiva de mim!! Eu não quero isso pra mim!
- Olha... seu caso é sério, mas n é irreversível. (gostou do diagnóstico?)
- E então...doutora?! Me passe logo uma injeção, daquelas que doem de uma vez só e depois sai a infecção!
- Não... seu tratamento tem q ser continuado
- Nossa!!!

[ meia hora depois do diagnóstico por escrito...]

- Então pronto amor...Está tudo bem agora! Acredite: o pior já passou. Reviver essas coisas é normal, pelas circunstâncias. Quando você pisa numa ferida que ainda está criando casca, claro q ela abre de novo, mas um dia ela vai cicatrizar de vez.
- Tenha calma! Você vai amar sim, vai ser feliz sim, vai ter lindos filhos e vai tatuar o nome deles.
- Sonhando com esse dia, de verdade!
- Sonhe com o futuro, mas viva o presente. Aproveite essa chance q a vida tá te dando... e que chance! Com perspectiva de cerejas... váriaaasss cerejaaasss

[Ansiosa pelas cerejas da vida....]

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Welcome!!

De idas e vindas...estamos todos aqui!

Sejam bem vindos!

Esse blog não surgiu com o próprosito de ser disseminador de minhas idéias. Quero apenas guardá-las.
As de hoje, as de ontem, as de sempre!
Para que não se percam novamente. Para que eu possa vê-las - e revê-las - sempre!